terça-feira, 23 de outubro de 2012

Eterno descanso apesar dos temporais


Dia de muita chuva em Tatuí city. 
Não me lembro de ter ouvido tanto trovão e visto raios como hoje. 
Pareceu-me cenário do apocalipse. 
Pena que os meus amigos europeus não saibam o que é isso aqui nos trópicos. 
Coisa fantástica que nos põe no lugar certo - a nossa insignificância diante de Deus e da natureza, que aliás, manifesta o Seu poder. 
Apesar de tudo, e dos barulhos e do que nos ameaça, temo-Lo sempre conosco. 
E isso tem de nos bastar. Por isso somos chamados a andar pelo que não vemos, pois tudo o que podemos ver é passageiro. É momentâneo. E aquilo que não vemos, é que é eterno, acima do natural, do que se pode sentir, apalpar,... E eterno, é o propósito Daquele que nos chamou e tem um plano bom, perfeito e agradável em tudo. Por isso, somos chamados a sermos gratos em tudo - todas as coisas, todas as experiências, agradáveis e outras nem tanto. Porque apesar dos barulhos todos - de fora ou do coração - que nos perturbam e assustam, está Ele e seu propósito sei lá porque razão, ou mistério escondido ainda, de nos ser bom e gracioso.
Uma semana abençoada a todos! Com temporais ou não. Pois tudo está nos conformes lá em cima, nada mudou... Só aqui em baixo, à nossa volta, na nossa pequenez.

"Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas." 2 Coríntios 4:18


Nenhum comentário: