quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Tristemunho



4 comentários:

Fernando Luz disse...

E talvez o cara só tivesse aumentando um pouco a história pros crentes darem mais glória.

Rubinho Pirola disse...

Olá Fernando... eu me inspirei na realidade. Amamos as histórias fantásticas de mudança de vida, das partes sórdidas da experiência pregressa do sujeito. Entretanto, quando esses compartilham as suas lutas, nos afastamos deles, mostrando como ainda temos muito o que aprender sobre amarmos e sermos misericordiosos com os outros, par além da hora do "abraça ai o seu irmão e diga-lhe o quanto você o ama".
Tai. Entre fazer rir e dar uma paulada, prefiro os dois, ahahahaha... (a começar em mim...)
Obrigado pela visita ao blog e pela sua observação.

luisvegan disse...

Hahahahaha!
É bem isso mesmo!
Também passei pra dar os parabéns pela entrevista no Arte com Cristo Rubinho, foi da hora!

abraços!

Zilene disse...

Oi....parabéns, muito divertido, mesmo que esteja brincando com coisa tão séria.
Abraços.....