quarta-feira, 8 de julho de 2009

Indignação em forma de cartoon!

PARA LER MELHOR, CLIQUE SOBRE O CARTOON!


"E Jesus, respondendo-lhes, começou a dizer:

Olhai que ninguém vos engane;" Mc 13:5


Quando era pequeno, lá pelos meus 10, 11 anos, no interior de São Paulo, os meus amigos queriam só saber de futebol.

Alguns, mais avançados para a idade, queriam saber já das menininhas que começavam a aparecer aos seus olhos como mais um dos regalos da vida.

Eu não. Eu já queria mais, queria derrubar o governo.

Vivíamos lá nos idos da revolução e eu, ao ver todo aquele ódio contra os "terroristas", jargão oficial usado para definir os que simplesmente, discordavam daquela bandalheira toda e autoritarismo, promovido pelos que tomaram de assalto a nação; desconfiava que algo ruim acontecia e nada que encontrasse eco na Palavra de Deus que, por aquela altura, já se fazia claridade ao meu coração.

Quando cheguei aos 14, quando Jesus revelou-se a mim como mais do que religião e crendice de família, o meu pai, coitado, respirou aliviado ao pensar que o temor de ter um filho bandeado para os lados dos "que comiam criancinha" (no sentido literal do termo), o lado dos terroristas-comunas-safados, inimigos de Deus e da pátria, como queiram que se denominavam os que insistiam em andar à margem das leis - de exceção é bom que se diga - naqueles tempos difíceis.

Ledo engano a do meu velho.

Com o Evangelho no coração e a solidariedade ao pobre, ao marginalizado e desprezado que brotava do meu coração transformado, fiquei ainda pior. Dos cartoons que insistia em por - ou tentar a por nos jornaisinhos de colégio ou do cursinho, passei a reunir-me com toda gente que dizia não ao opressor, ao inquisitor, viesse ele de onde viesse.

Eu cresci, o país mudou, o mundo mudou... (tirando Honduras onde um punhado de militares insistem na desgastada fórmula de usar aquilo que são de pior - forças e armadas - estão a tentar divulgar a sua "versão oficial" da história) continuo o mesmo. Ou talvez pior. Mais velho e mais mau-criado.

E inimigos não faltam contra quem lutar.

Aos inimigos que insistem em fazer da cruz algo de que usar para roubar e tirar proveito em detrimento dos outros, vai agora a minha indignação feroz. Não dá para calar-me e fazer como fazem as pessoas na sala de jantar (e nas igrejas) "ocuparmo-nos em nascer e morrer"...

Já disse, dia desses a um irmão que tem feito aqui em Portugal, apologia (cristã, imagine) do nazi-fascismo: "na minha mesa, rapaz, cabem prostitutas, bêbados, gente que faz aborto, pecadores vários, mas aquilo não é mesa da "mãe-joana". Tenho princípios, meu velho. Lá não cabem os que dizendo-se irmãos, são guiados de um espírito usurpador, roubador, presunçoso que se acha mais do que outros e que explora, "costurando o véu que a cruz já rasgou", que pretendem capitaniar, controlar, explorar o que é livre, vendendo a graça que veio, de graça, do sacrifício de Cristo".

Para esses, os picaretas falsos-apóstolos-profetas-evangelistas-pastores-doutores, por quem não oro, confesso, e nutro o mais profundo desprezo, vai o meu cartoonzito de hoje.

E aproveitem, porque hoje estou calmo.

7 comentários:

Ana Ramalho disse...

O cartoon faz lembrar uma música que penso que é o Zé da Grota que canta... sobre as profetadas.

Muitos destes extremismos acabam matando a fé e o desejo de buscar os dons do Espírito "para edificação da igreja!.

Danilo Fernandes disse...

Rubinho!

Voce quer me matar de rir!
Feliciano lê meu site e o Pulpito.

Se eu postar por lá voce entra na lista negra dele tambem! kkkk

Será que a mandinga do homem chega a Portugal? Arrisca?

Abraços


Danilo

LARA-5 disse...

a última frase remata o artigo com nota 10 ! :)

Sarah disse...

Puxa, Rubis!
Imagina quando não estás calmo...o cartoon está demais...como sempre. Eu também me indigno meu amigo, por mais ums quantas razões que são más demais para colocar em frente dos olhos de gente que não me conhece...sei lá, poderiam pensar que eu era a 2ª edição da Maria da Fonte. Santa indignação.

Brissos Lino disse...

Amigão,
Acabei de colocar link para o teu blogue na minha "Ovelha Perdida".
Abraço.

Brissos

Rodrigo Magalhães disse...

Olá, Rubinho!
Sensacionais os seus textos e seus cartoons... tenho lido seus textos através dos blogs do Danilo, o Genizah e do Ruy, do Bereianos.
agora consegui te encontrar... só falta aquele link pra gente te seguir... mas eu já consegui dar um jeito nisto... Olha, sem dúvida uma das melhores páginas que já apareceram na blogosfera cristã... parabéns!

Um abraço

Rodrigo Magalhães disse...

Ops, pra varia coloquei o comentário com o login errado... mas não tem problema... o meu correto é o www.rodrigocmagalhaes.com

Um abraço!!!

Rodrigo Magalhães