quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Ensaio sobre a cegueira


"Deixai-os; são condutores cegos. Ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova." Mt 15:14

Pensamento surgido hoje cedo, quando dirigia por Lisboa, ao lado do meu amigo Julio Castanheira, de Marília-SP, músico e jornalista, em visita à Portugal, sobre essa coisa de apanharmos para nós uma glória que não nos pertence:
Se a luz do cristão não vier da ação de Deus em si, vem dos holofotes. E essa, cega.


Precisamos acrescentar algo mais?

3 comentários:

Régis disse...

Pensamento simples e pura verdade...
Afinal, a verdade é sempre simples.

Obrigada por nos fazer refletir.

Linéia e Régis Ronsoni

Filha do Rei disse...

Tão iluminados, tão iluminados, que andamos tantas vezes cegos com tanta luz....

claudio pimenta disse...

Otimo blog muito bom, realmente muito interessante


www.exejegues.blogspot.com